Nada como o futuro!

a mentira por Millôr

A mentira é a única verdade do mentiroso, já que, à força de mentir, ele não crê mais em nada. A mentira é uma verdade que não esteve lá. O Balanço é uma mentira contábil. A Fábula é uma mentira mitológica. O Romance é uma mentira literária. A Democracia é uma mentira política. Para se distinguir um mentiroso de um coxo basta sair correndo atrás dos dois.

Millôr Fernandes

O Pasquim, Antologia, Volume I; 1969 – 1971. Organização Jaguar & Sérgio Augusto; pg 48. 2006

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s